A+ A A-
29 Set

Entrevista com Asa Branca

Classifique este artigo
(33 votos)

Nome: Waldemar Ruy dos Santos
Cidade: Buritama
Cidade Natal: Turiuba
Idade: 50 anos
Pai: Waldemar Gonçalves dos santos
Mãe: Dijanira Francisco dos Santos
Estado Civil: Divorciado
Profissão: Locutor Esportivo
Quantos anos de Rodeio:  32 anos
Primeiro Rodeio: Jaci - São Paulo

 

Vamos falar um pouco de você, como foi sua primeira experiência nas arenas e onde começou essa carreira brilhante de narador...


Como você descobriu essa paixão pelo Rodeio?

Desde criança quando eu tinha 10 (dez) anos, meu pai fez uma arena para nós montarmos nos bezerros.


Quais os principais eventos você já participou?

Cajamar, Americana, Barretos e vários outros.


O que você acha que deveria melhorar no rodeio brasileiro?

Tudo. Principalemente lei, que não tem. Nós não temos união, os peões passam fome. Uma diretoria que trate todos de maneira igual, pois está havendo muito apadrinhamento no rodeio.

 

Por que você andou tanto tempo afastado das arenas, da mídia, o que se passou com você, e o que fez nesse período de “afastamento”?

Eu não andei afastado. Eu faço rodeio quase toda semana no Brasil, porém as festas grandes só pagam bem os cantores e empresários que faturam. O rodeio brasileiro tem dez federações, mas nenhuma funciona e por isso que prefiro festas menores. Não gosto de shows, pois o rodeio fica esquecido.

 

Em sua opinião com o crescimento da PBR no Brasil, o Top Team Cup , e entre tantas outras competições paralelas, você não acha que o rodeio esta virando uma competição de patrocinadores?

Agora que vocês viram. Eu vejo isso há mais de 10 (dez) anos já. Tem nego comprando fazenda e boi.

 

Você teve algumas passagens pelas arenas americanas, você acha que ainda estamos muito longes da realidade deles?

O nosso rodeio é muito mais quente e melhor que o deles, só que la eles organizam sem apadrinhamento. Aqui não, pra você estar no meio tem que ter um parente na comissão hoje em dia, o que não era preciso antigamente.

 

Para o futuro o que tem preparado ou pensa ainda em realizar?

O meu sonho no rodeio, em primeiro lugar era oficializar o rodeio e consegui levando o Fernando Henrique Cardoso em Barretos e ele assinou a lei, se não fosse ele o rodeio já tinha acabado, e meu segundo sonho ainda estou lutando, que é a Cidade do Peão, para abrigar aqueles peões que estão na rua, morrendo a mingua, como é o caso do Gilmar Pereira da Silva, Bi-campeão de Barretos. Ganhou todas as festas do Brasil e morreu abandonado na rodoviaria de São José do Rio Preto. Será que Barretos sabe pelo menos onde ele está enterrado? Temos que cuidar desses peões, dar uma moradia e treinar em uma pista as crianças do futuro.

 

O Asa Branca pensa em se aposentar das arenas?

Aposentar eu vou ter que aposentar um dia, mas abandonar o rodeio não. Eu quero estar na direção cuidando dos nossos peões. O rodeio hoje emprega tanto quanto a indústria automobilistíca no Brasil. Empregamos 70 mil pessoas por semana. Temos média de 70 rodeios e cada rodeio emprega diretamente 1000 (mil) pessoas. Potência de gerar empregos nesse país de tanto desemprego.

 

Hoje em dia vemos tantos locutores dentro das arenas, mas poucos tem uma qualidade destacável, o que você acha dessa safra nova? Tem algum que você diz esse sim tem futuro dentro das arenas?

Nos rodeios grandes ninguem tem futuro, porque o comentarista não deixa o locutor falar. São em média de 3 comentaristas, não toca músicas e nem deixa o locutor mexer com a galera, uma coisa monótona.

 

E quais não tem?

Todos pela mesma razão que citei acima eu não aceito comentarista. Quando há uma montaria diferenciada, peço para o juiz comentar de dentro da pista.


Conta-me um fato marcante em sua carreira?

A minha entrada com o FHC em Barretos em 1994, quando a Rita Lee cantora, quem não se lembra, ela foi na Hebe Camargo com uma camiseta escrita "Odeio Rodeio" e "Protetora dos animais", está louca para acabar com o rodeio e nós provamos que não prejudica os animais e o FHC assinou a lei liberando o rodeio por saber que emprega tanto quanto a indústria automobilistíca.


Uma falha no rodeio que precisa ser corrigida?

Acabar com a corrupção.

 

Uma festa que você nunca esquecerá?
Inauguração da escolinha e estádio Asa Branca em Goiânia lá no PITY, onde revelou o campeão Valdirão de Oliveira.

 


VAMOS FAZER UM BATE BOLA AGORA.

Um Ídolo: 2, Sérgio Reis e José Rico

Time: Coringão

Esporte: Rodeio

Um Competidor: Virgilio Gonçalves (in memoriam)

Um ex-competidor: Walter Teixeira Vilerá O Bil

Um Touro: Baiano, da Compainha Meneguelo

Um Cavalo: Overdose, Waltinho Biasi (in memoriam)

Um Tropeiro: Sílvio Meneguelo

Salva Vidas: Ronam e Topa-Tudo

Locutor: Barra Mansa

Comentarista: Vínicius Vulpini, O Vurpa

Juiz: Bareback, Djangão. Touro, Tião Procópio. Cavalo, Milton Cosme

Um Profissional do Rodeio: Salustiano Procópio Ribeiro, Ex-peão de touro

Uma Cidade: Turiuba, minha terra natal

Um Lugar: Escolinha Asa Branca, Pity - Goiânia

Um Rodeio: Presidente Prudente, Rancho Quarto de Milha

Uma Musica: Lobo Selvagem Homenagem ao Zé Louco

Um Cantor: Sérgio Reis

Um Hobby: Voar de helicóptero e avião

Um Sonho: Cidade do peão

Uma Frase: Me queira bem, que não te custa nada

Agredecimentos: Primeiro agradecimento ao presidente da PBR, Flávio Junqueira. Salvou minha vida em Fernandópolis, quando o boi me pisou. Fiquei na UTI e ele me deu maior assistência. Tive 10% de vida e se não fosse o apoio dele, eu não estaria aqui hoje. Que Deus ilumine ele por tudo.

 


E pra finalizar algo polemico, pq vc não entra mais para narrar em Barretos, o que realmente acontece lá e aconteceu para que você um ícone da locução não participasse mais?

Eu já citei varias vezes nessa entrevista, que eu levei Fernando Henrique no rodeio e "Os Independentes" nunca mais me contratou, porque disseram que eu estava fazendo política, mas a protetora dos animais, a Rita Lee, queria acabar com o rodeio e o FHC prometeu e cumpriu, porém eles acharam que eu estava fazendo por dinheiro, enquanto eu só queria profissionalizar o rodeio. Não ganhei um tostão, pelo contrário, perdi a festa de Barretos. Mas não me faz falta a festa de Barretos, pra vocês verem, na mesma data de Barretos eu faço Presidente Venceslau e Goiânia e tenho certeza que nenhum locutor que está em Barretos está defendendo o cachê que estou. Não querendo ser o melhor, defendi tese o que os olhos do homem não vê, os olhos de Deus está vendo.

 

Por: Luiz Gustavo Moreira Krubniki

1 comentário

  • fabao potencia

    muito boa a entrevista sou fã do asa...parabens..muito legal...ooo potenciaaa.

    fabao potencia Terça, 13 Novembro 2012 15:41 Ligação de comentário
Logar para postar comentários

Top 5 do Mês

01Canga do Tempo

Joã Mulato e Douradinho


02Decida
Milionário e José Rico


03Mistério
Durval e Davi


04Sou Violeiro, Não sou Modelo
Marcos Violeiro e Cleiton Torres


05Chic Largado e Bruto
Piu Viola e Leandrinho


Agora no Ar 06:49

24 horas
AUTO DJ

2011-2014 © Web Rádio Ibis • Todos os direitos reservados. All rights reserved.

Entrar

Cadastre-se

Registo de Usuário
ou Cancelar